Workshop promove estudo sobre microcefalia 

Notícias

 Workshop promove estudo sobre microcefalia 

..
MICROCEFALIA - LIANA VENTURA

Evento propõe nivelar informações científicas apontadas por especialistas

No próximo sábado, 16, a Fundação Altino ventura – FAV, vai reunir no Centro de Reabilitação Menina dos Olhos 150 profissionais do Estado envolvidos no tratamento de bebês com microcefalia. O Workshop Síndrome Congênita de Zika Vírus será realizado das 8h às 13h, no auditório da instituição, que fica na Av. Maurício de Nassau, 2075, Iputinga. O objetivo do evento é promover um nivelamento das informações científicas apontadas por cada especialista.
Médicos e terapeutas da FAV, da Secretaria Estadual de Saúde, dos hospitais Agamenon Magalhães e Barão de Lucena, além de UFPE, IMIP e AACD confirmaram participação. Foram convidados 14 profissionais para apresentar suas experiências, pesquisas e projetos voltados ao entendimento da microcefalia associada ao zika vírus. A programação inclui ciclos de debates com os 150 participantes.

Segundo a presidente da FAV, a oftalmopediatra Liana Ventura, que está promovendo o encontro, esta iniciativa tem um caráter multidisciplinar, o que dará aos profissionais a oportunidade de estudar de forma mais aprofundada o disgnóstico e a conduta com relação aos tratamentos dos bebês nas quatro deficiências: visual, auditiva, intelectual e motora. “Este primeiro workshop nos dará embasamento para um programa de educação continuada, com a promoção de novos encontros periodicamente. Esperamos que uma ação como esta permita ao serviço público de saúde o acesso detalhado a informações e formas de tratamento para a melhoria da qualidade de vida das crianças com microcefalia”, pontuou a médica.

2016----cartaz-workshop

1 Response

  1. Jacqueline

    Gostaria que os estudos sobre microcefalia fosse aprofundado. Não consegui vizualizar em nenhum site a faixa etária das mamães que tiveram bebês com a microcefalia. Cientistas americanos acreditam que esteja relacionado com o Zika mas tenho dúvida se não está relacionado com a vacina contra HPV, pois em ambos os casos, um dos efeitos colaterais é a Síndrome de Guillain-Barré. Poderiam fazer uma pesquisa com as mamães e verificar se todas foram vacinadas contra o HPV. Outra dúvida é com relação ao número de casos identificados. Informam que o Zika pode ter surgido durante a Copa de 2014, vindo de algum país estrangeiro. Mas não explicaria muito pois Pernambuco nem teve ginásio nem hotéis recebendo os estrangeiros, como outros Estados que se encontram com número bem reduzido do caso.

Leave a Reply